Umas das coisas mais importantes do intrumento é o cuidado que ele deve, ou deveria merecer.

Cuidar do seu intrumento é uma coisa importante e que o fará se tornar melhor cada vez mais.

Tirar e Colocar o Violoncelo em um Case fino (Aqueles cases de tecido, não-metálico)

.Sempre tirar o arco primeiro do caser e depois o celo.
.Quando guardar, sempre coloque o instrumento primeiro e depois o arco.



Guardando seu Violoncelo

.Só deixe o violoncelo no chão apoiado em um dos lados, por um curto período de tempo.
.Mesmo que por curto espaço de tempo sem tocar, guarde o violoncelo na capa ou estojo.
.Mantenha o seu instrumento longe de fontes de calor ou de frio;  jamais o deixe dentro do carro quente.
.Ao limpar o instrumento não use detergente ou polidores. Limpe com um pano macio, espanador ou jato de ar.

Cuidados com o arco

.Se você toca em média algumas horas por dia, é recomendável que a crina seja trocada a cada 6 meses; ser você toca algumas vezes por semana,
substitua a crina uma vez ao ano. Isso porque a crina pode deformar à medida em que envelhece e isto pode alterar o balanço correto do arco.

.Passe breu no arco mais ou menos a cada 2-3 horas de uso.
.Use mais breu se a crina foi recentemente trocada.
.Não balance o arco no ar para tirar algum excesso de breu; é arriscado bater ou fletir demais..Breu escuro é mais suave do que o breu claro.
.desapertar parafuso para crina destensionar – guardar / apertar parafuso para crina tensionar – tocar.
.breu 2 a 3 passadas com velocidade do talão à ponta toda vez que for tensionado – normal uma vez por dia.
.não deixe pontos pretos na crina (breu ressecado=crosta), para limpar use uma escova de dente levemente embebida em diluição de 2 de álcool e 1 de água.
.no final do estudo ou execução limpar a vara de qualquer resíduo de pó branco (breu e micropelos)

Conhecendo a Crina:

Crina nova: pela avaliação visual – mais “micro-pelos” e “micro-pelos” onde o breu fica = som suave e controlável.

Crina velha: somente avaliação visual – crosta de breu = som áspero e descontrolado.

Tipos de crina:

“Crina’” de Nylon – fio mais fino e mais branco (mesmo com o uso é esbranquiçado).
Crina natural de cavalo (pelos do rabo quimicamente tratados) – mais grosso e mais amarelado (novo ou com uso)